Meryl Streep em "The Laundromat" (2019) |© Venezia 76

73º Aniversário de MERYL STREEP | O melhor de cada década

Considerada a melhor atriz da sua geração, Meryl Streep celebra mais de sete décadas de vida e a MHD decidiu homenagear a carreira da ‘Rainha do Cinema’.

Meryl Streep é hoje um nome incontornável da história de Hollywood. Com quase meio século de carreira, é indiscutível que a atriz é a ‘Rainha do Cinema’. Ao longo do seu percurso no grande ecrã, a atriz foi condecorada com os mais altos prémios do mundo do entretenimento, alcançando o feito de artista com mais nomeações ao Óscar, tendo visto o seu nome na lista de nomeados em 21 ocasiões diferentes. Mas a versatilidade de Streep não se restringe somente ao grande ecrã, sendo que o seu talento já lhe valeu 32 indicações ao Globo de Ouro (mais um recorde) e seis nomeações aos Grammys.

Lê Também:
50 atores irreconhecíveis em filmes do século XXI

Conhecida pela sua adaptabilidade de sotaques, Meryl Streep começou a ter aulas de canto lírico com apenas 12 anos. Rapidamente, a jovem descobriu que não era esse o caminho que queria seguir. Mais tarde, começou a participar em peças teatrais escolares e, acabou por chamar a atenção com o seu jeito natural para a representação. Após a conclusão dos estudos, Streep entrou para o mundo da Broadway, sem grande ambição de se dedicar aos grandes ecrãs. Mas, felizmente, Meryl reconsiderou e acabou por se tornar numa das melhores atrizes de todos os tempos.

Em ocasião do 73º aniversário da atriz, a MHD recuperou, através de uma breve galeria, um portfólio com o percurso de Meryl Streep, de forma a homenagear a longa carreira da ‘Rainha do Cinema’. Convidamos-te a conhecer alguns dos seus trabalhos mais marcantes, para que possas estar a par do seu trajeto no mundo do entretenimento. Parabéns Meryl Streep!

1 de 6

ANOS 70 – INÍCIO DA CARREIRA

Kramer vs. Kramer
Meryl Streep em “Kramer contra Kramer” | © 1979 – Columbia Pictures. All rights reserved.

A estreia de Meryl Streep no grande ecrã deu-se com o filme “Julia” (1977), uma longa-metragem que se centra no período da Segunda Guerra Mundial e na forma como a Resistência tentava combater o regime Nazi. A atriz fez apenas uma pequena participação, mas foi o suficiente para a convidarem a protagonizar uma mini-série sobre este período sombrio. Em “Holocausto” (1978), Meryl Streep venceu o seu primeiro Emmy, prémio que lhe viria a ser atribuído mais duas vezes em anos posteriores.

Nesse mesmo ano, Meryl Streep integrou o elenco de “O Caçador” (1978), de modo a poder acompanhar o seu companheiro na altura, o também ator John Cazale, que padecia de um cancro no pulmão. No drama sobre a Guerra do Vietname, Streep dá vida a uma jovem que se vê obrigada a fugir de casa devido à violência do pai. Apesar de ser ainda muito nova no meio cinematográfico, Meryl conquistou a sua primeira nomeação ao Óscar de Melhor Atriz Secundária. Logo no ano seguinte, a atriz viria mesmo a receber um Prémio da Academia pela sua participação em “Kramer contra Kramer” (1979). Na longa-metragem, Streep dá vida a uma mulher que procura recomeçar do zero, pedindo o divórcio, e o impacto que essa decisão tem para o filho do casal. Esta foi a primeira afirmação da ‘Rainha do Cinema’ enquanto defensora dos direitos da mulher, uma causa que acompanha até aos dias de hoje.

1 de 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.