Nomeados e vencedores 100% MHD | © Magazine.HD

Emmy Awards | E se a MHD fosse o júri?

A 71ª cerimónia da entrega dos Emmy Awards revelou-se uma boa caixinha de surpresas. No entanto, a equipa da MHD considera que quer os vencedores, quer os nomeados, não faz 100% jus ao panorama das séries elegíveis para estes prémios.

Como tal, decidimos fazer os Emmys à nossa maneira, respeitando, claro, grande maioria das regras da Academy of Television Arts and Sciences. Desta forma, séries e atores que, por um motivo ou outro, dificilmente acabarão na lista de nomeados, têm aqui o seu merecido destaque e apreciação. 

Conhece os nomeados e vencedores 100% MHD!

1 de 20

MELHOR SÉRIE LIMITADA

Chernobyl hbo portugal
Chernobyl | © HBO Portugal

Os nossos nomeados:

  • Chernobyl
  • When They See Us
  • The Hauting of Hill House
  • Sharp Objects
  • Fosse/Verdon

O nosso Emmy vai para: CHERNOBYL

“Chernobyl” é um daqueles raros casos de um produto televisivo absolutamente universal em que o espectador precisa de poucos minutos para reconhecer: ‘Ok, já percebi, apanharam-me, estou perante uma obra-prima’.

Em cinco episódios (total de aproximadamente 5 horas e meia), a HBO produziu uma mini-série com o pedigree de “Band of Brothers,” surgindo o improvável Craig Mazin – que escrevera os “Scary Movie” 3 e 4, as sequelas de “A Ressaca” e uma coisa chamada “O Astro-Nabo” – como homem do leme de um dos monumentos televisivos de 2019.

Lê Também:
As 15 séries com melhor classificação IMDB da HBO Portugal

A excelência no elenco (Jared Harris, Emily Watson, Stellan Skarsgard, Jessie Buckley, Paul Ritter, David Dencik e Barry Keoghan para nomear alguns) foi equiparada em todos os vectores – “Chernobyl” é terror sonoro, é uma aula de Química, é a tensão de 90 segundos para retirar grafite de um terraço, é a ansiedade medida em contadores Geiger, é uma lição de como lidar com exposição e de que perspectiva escolher para estabelecer a máxima empatia com o espectador, sem perder a escala da tragédia. Se é a melhor série de todos os tempos? Não. É uma série perfeita? Sim.

– Miguel Pontares

1 de 20

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *