© taniavolobueva / Shutterstock.com / © Denis Makarenko / Shutterstock.com

Os cineastas que realizaram mais filmes nomeados aos Óscares

De Steven Spielberg a Martin Scorsese, são estes os cineastas que conseguiram apresentar mais filmes nomeados aos Óscares.

Embora não sejam do agrado de toda a gente, os Óscares continuam a ser a maior celebração do cinema e de Hollywood. Não funcionam exclusivamente como um medidor de qualidade, mas sim como uma espécie de cápsula do tempo que nos permite ter uma ideia do que era ou não considerado de elevada qualidade na época.

Lê Também:   É por isto que Greta Gerwig ("Barbie") ficou de fora dos Óscares 2024

Nem todas as suas decisões envelhecem bem e acabam até por ficar mais famosos por quem não premiaram, como é o caso das imperdoáveis injustiças com Alfred Hitchcock (“Psycho”) ou Stanley Kubrick (“2001: Odisseia no Espaço”).

© MGM

Porém, é sempre interessante olhar para o passado e perceber algumas tendências presentes nos filmes que escolheram reconhecer, como por exemplo os realizadores.

Lê Também:   Óscar 2024 Melhor Realizador | Com “Oppenheimer” terá chegado finalmente a vez de Christopher Nolan?

Desta feita, hoje trazemos a lista dos cineastas que ao longo da sua carreira conseguiram realizar mais filmes que cairam nas boas graças da Academia.




6. MERVYN LEROY – 8 FILMES NOMEADOS (EMPATE)

Filmes reconhecidos: “Five Star Final” (1931), “I Am a Fugitive from a Chain Gang” (1932), “Anthony Adverse” (1936), “Blossoms in the Dust” (1941), “Random Harvest” (1942), “Madame Curie ” (1943), “Quo Vadis” (1951), “Mister Roberts” (1955).

Nomeações como Melhor Realizador: “Random Harvest (1942)

Lê Também:   Óscares 2024 | Já são conhecidos os nomeados e há surpresas

Número de Óscares conquistados: Prémio Especial de Curta / Irving G. Thalberg Memorial Award




6. GEORGE CUKOR – 8 FILMES NOMEADOS (EMPATE)

O musical que deu o Óscar de Melhor Realizador a Cukor © Warner Bros.

Filmes reconhecidos: “One Hour with You” (1932), “Little Women” (1933), “David Copperfield” (1935), “Romeo and Juliet” (1936), “The Philadelphia Story” (1940), “Gaslight” (1944), “Born Yesterday” (1950), “My Fair Lady” (1964).

Lê Também:   HBO Max em Fevereiro | Regresso de séries aclamadas e grandes estreias do cinema português

Nomeações como Melhor Realizador: “Little Women” (1933), “The Philadelphia Story” (1940), “A Double Life” (1947), “Born Yesterday” (1950), e “My Fair Lady” (1964)

Número de Óscares conquistados: 1 (My Fair Lady – Melhor Realizador)

4. JOHN FORD – 9 FILMES NOMEADOS

Filmes reconhecidos: “Arrowsmith” (1931), “The Informer” (1935), “Stagecoach” (1939), “The Grapes of Wrath” (1940), “The Long Voyage Home” (1940), “How Green Was My Valley” (1941), “The Quiet Man” (1952), “Mister Roberts” (1955), “How the West Was Won” (1963)

Nomeações como Melhor Realizador: “The Informer” (1936), “Stagecoach” (1939), “The Grapes of Wrath” (1940), “How Green Was My Valley” (1941) e “The Quiet Man” (1952)

Lê Também:   Há 8 belos filmes que chegam à HBO Max em Fevereiro

Número de Óscares conquistados: 4 como Realizador (“The Informer”, “The Grapes of Wrath”, “How Green Was My Valley” e “The Quiet Man” )




3. MARTIN SCORSESE – 10 FILMES NOMEADOS

Parece mentira mas Martin Scorsese só conseguiu triunfar uma única vez nos Óscares © Warner Bros. Entertainment Inc.

Filmes reconhecidos: “Taxi Driver” (1977), “Raging Bull” (1981), “Goodfellas” (1991), “Gangs of New York” (2003), “The Aviator” (2005), “The Departed” (2007) “Hugo” (2012), “The Wolf of Wall Street” (2014), “The Irishman” (2020) e “Killers of the Flower Moon” (2023)

Lê Também:   Os melhores filmes de Martin Scorsese, segundo os críticos de cinema

Nomeações como Melhor Realizador: “Raging Bull” (1981), “The Last Temptation of Christ” (1988), “Goodfellas” (1991), “Gangs of New York” (2003), “The Aviator” (2005), “The Departed” (2007) “Hugo” (2012), “The Wolf of Wall Street” (2014), “The Irishman” (2020) e “Killers of the Flower Moon” (2023)

Número de Óscares conquistados: 1 (“The Departed” – Realizador)




1. STEVEN SPIELBERG – 13 FILMES NOMEADOS (EMPATE)

Com “Schindler’s list”, Spielberg venceu dois Óscares © Universal Pictures

Filmes reconhecidos: “Jaws” (1976), “Raiders of the Lost Ark” (1982), “E.T. the Extra-Terrestrial” (1983), “The Color Purple” (1986), “Schindler’s List” (1994) “Saving Private Ryan” (1999), “Munich” (2006), “War Horse” (2012), “Lincoln” (2013), “Bridge of Spies” (2016), “The Post” (2018), “West Side Story” (2022), “The Fabelmans” (2023).

Nomeações como Melhor Realizador: “Close Encounters of the Third Kind” (1977), “Raiders of the Lost Ark” (1982), “E.T. the Extra-Terrestrial” (1983),  “Schindler’s List” (1994) “Saving Private Ryan” (1999), “Munich” (2006), “Lincoln” (2013), “West Side Story” (2022) e “The Fabelmans” (2023).

Lê Também:   De Christopher Nolan a Steven Spielberg, estes são os 10 realizadores mais bem sucedidos de sempre

Número de Óscares conquistados: 2 como Realizador (“Schindler’s List”  e “Saving Private Ryan”), 1 como produtor (“Schindler’s List” ) e Irving G. Thalberg Memorial Award




1. WILLIAM WYLER – 13 FILMES NOMEADOS (EMPATE)

Apenas três filmes venceram 11 Óscares. “Ben-Hur” é um deles © 1959 Warner Bros.

Filmes reconhecidos: “Dodsworth” (1937), “Dead End” (1938), “Jezebel” (1939), “Wuthering Heights” (1940), “The Letter” (1941), “The Little Foxes” (1942), “Mrs. Miniver” (1943), “The Best Years of Our Lives” (1947), “The Heiress” (1950), “Roman Holiday” (1954), “Friendly Persuasion” (1957), “Ben-Hur” (1960), “Funny Girl” (1969)

Nomeações como Melhor Realizador: “Dodsworth” (1936), “Wuthering Heights” (1939), “The Letter” (1940), “The Little Foxes” (1941), “Mrs. Miniver” (1942), “The Best Years of Our Lives” (1946), “The Heiress” (1949), “Detective Story” (1951), “Roman Holiday” (1953), “Friendly Persuasion” (1956), “Ben-Hur” (1959), “The Collector” (1965)

Lê Também:   Os 11 atores com mais nomeações ao Óscar e que nunca venceram

Número de Óscares conquistados: 3 como Realizador (“Mrs. Miniver“, “The Best Years of Our Lives” e “Ben-Hur”) e Irving G. Thalberg Memorial Award

E tu, sabias quem eram os realizadores com o toque de midas junto dos Óscares?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *