© LanKS via Shutterstock.com, ID 2115105728

Óscares 2024: Onde podes ver todas as longas-metragens nomeadas

A menos de um mês do anúncio dos vencedores da 96ª edição dos Óscares, a Magazine.HD preparou-te um guia sobre onde podes ver as longas-metragens nomeadas.

Hollywood está em alvoroço com a corrida aos Óscares, a cerimónia que dita a reta final da sempre empolgante temporada de prémios cinematográficos. O evento que celebra a 96ª edição desta premiação está marcado para o dia 9 de março e contará com Jimmy Kimmel como anfitrião. Para que possas fazer as tuas próprias apostas quanto aos vencedores deste ano, a Magazine.HD preparou-te um guia que te ajuda a descobrir onde podes ver todos os filmes nomeados aos Prémios da Academia 2024.

Lê Também:   Os destaques e as surpresas nos Óscares 2024 | Margot Robbie falha nomeação quase certa e Lily Gladstone faz história

Muitas das longas-metragens nomeadas à Estatueta Dourada já abandonaram as salas de cinema, mas é possível (re)vê-las nas plataformas de streaming e videoclube. Há ainda alguns casos de filmes que não estrearam ainda em território nacional.

Continua a ler para ficares a saber onde podes ver todas as longas-metragens nomeadas aos Óscares 2024!




OPPENHEIMER – 13 NOMEAÇÕES

Oppenheimer Óscares 2024
Oppenheimer © 2022 Universal Studios. All Rights Reserved.

Este é o filme-sensação da temporada, contando com treze nomeações aos Prémios da Academia. A longa-metragem baseia-se no livro biográfico de J. Robert Oppenheimer, American Prometheus, escrito por Kai Bird e Martin J. Sherwin, e fala sobre aquele que é conhecido como o ‘pai da bomba atómica’. “Oppenheimer” tem o maior número de indicações aos Óscares deste ano, estando nomeado para as categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Principal (Cillian Murphy), Melhor Ator Secundário (Robert Downey Jr.), Melhor Atriz Secundária (Emily Blunt), Melhor Realizador (Christopher Nolan), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Maquilhagem e Penteados, Melhor Banda Sonora Original, Melhor Design de Produção, Melhor Edição e Melhor Som.

Lê Também:   Se gostaste de Oppenheimer, estes são os 5 filmes que vais querer ver de seguida

Onde ver? O filme de Christopher Nolan estreou nos cinemas portugueses em julho de 2023. Porém, dado o largo número de nomeações aos prémios mais cobiçados, a RFM trouxe a longa-metragem de volta às salas de cinema, sendo ainda possível assistir a “Oppenheimer” no grande ecrã. Além disso, o filme está disponível para aluguer na Apple TV.




POBRES CRIATURAS – 11 NOMEAÇÕES

Pobres Criaturas Emma Stone Yorgos Lanthimos óscares
Photo by Yorgos Lanthimos, Courtesy of Searchlight Pictures. © 2024 Searchlight Pictures All Rights Reserved.

Com onze indicações aos Prémios da Academia, “Pobres Criaturas” é o segundo filme mais indicado aos Óscares 2024. Apesar de ter um argumento algo bizarro, que conta a história de uma mulher que regressa à vida e que decide aproveitar para conhecer o mundo, esta é uma longa-metragem que faz uma reflexão sobre a liberdade feminina. A produção está indicada à estatueta de Melhor Filme, Melhor Atriz Principal (Emma Stone), Melhor Ator Secundário (Mark Ruffalo), Melhor Realizador (Yorgos Lanthimos), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Fotografia, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Maquilhagem e Penteados, Melhor Banda sonora Original, Melhor Design de Produção e Melhor Edição.

Lê Também:   Tudo sobre a polémica cena de dança já viral, de Emma Stone em Pobres Criaturas

Onde ver? Esta produção, que conta com um fado de Carminho na banda sonora e que tem Lisboa como pano de fundo, pode ser vista nos cinemas nacionais, estando ainda em exibição nos grandes ecrãs do país.




ASSASSINOS DA LUA DAS FLORES – 10 NOMEAÇÕES

Assassinos da Lua das Flores Award Season óscares
© Apple Studios

Em terceiro lugar, no que toca ao número de nomeações, temos “Assassinos da Lua das Flores“, um filme que conta com dez indicações aos Óscares 2024. A história baseia-se na obra homónima de David Grann, acerca dos assassinatos de Oklahoma contra uma tribo indígena, que ocorreram na década de 1920, após a descoberta de petróleo em terras tribais. A longa-metragem está indicada aos Prémios de Melhor Filme, Melhor Atriz Principal (Lily Gladstone), Melhor Ator Secundário (Robert De Niro), Melhor Realizador (Martin Scorsese), Melhor Fotografia, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Canção Original (“Wahzhazhe (A Song for My People)”, de Scott George), Melhor Banda Sonora Original, Melhor Design de Produção e Melhor Edição.

Lê Também:   Assassinos da Lua das Flores, uma barbárie americana

Onde ver? A obra, que conta com a primeira nomeação de sempre para uma atriz nativa americana, chegou aos cinemas portugueses em outubro do ano passado. Por enquanto, “Assassinos da Lua das Flores” está disponível no catálogo da Apple Tv+.




BARBIE – 8 NOMEAÇÕES 

barbie óscares
© 2023 Warner Bros. Ent.

O filme que transporta a boneca de plástico mais conhecida do mundo para uma dimensão real tornou-se num dos maiores fenómenos cinematográficos de 2023. “Barbie” atingiu uma bilheteira histórica a nível mundial e transformou a cultura um pouco mais cor-de-rosa. A longa-metragem foi indicada a oito Óscares nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Secundário (Ryan Gosling), Melhor Atriz Secundária (America Ferrera), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Canção Original (“I’m Just Ken”, de Mark Ronson e Andrew Wyatt; e “What Was I Made For?”, de Billie Eilish e Finneas O’Connell) e Melhor Design de Produção.

Lê Também:   Barbie: Afinal onde foram rodadas as belas sequências do filme de Greta Gerwig?

Onde ver? O filme, que curiosamente não indicou Margot Robbie e Greta Gerwing aos prémios de Melhor Atriz Principal e Melhor Realizadora, chegou aos cinemas portugueses em julho. No entanto, a longa-metragem já se encontra no catálogo da HBO Max.




MAESTRO – 7 NOMEAÇÕES

Maestro Netflix óscares
Jason McDonald/ © Netflix 2023

Em 2018, Bradley Cooper havia impressionado todos ao realizar a longa-metragem “Assim Nasce uma Estrela“, indicado na categoria de Melhor Filme. Este ano, o feito volta-se a repetir com o seu segundo projeto no cargo de realizador e ator com o filme “Maestro“. Desta vez, trata-se de uma biografia que conta a história de vida de Leonard Bernstein, mostrando também o casamento com Felicia Montealegre. A longa-metragem conquistou sete nomeações aos Prémios da Academia, estando nomeado aos Óscares de Melhor Filme, Melhor Ator Principal (Bradley Cooper), Melhor Atriz Principal (Carey Mulligan), Melhor Argumento Original, Melhor Fotografia, Melhor Maquilhagem e Penteados e Melhor Som.

Lê Também:   Tudo sobre o polémico nariz postiço de Bradley Cooper

Onde ver? “Maestro” é uma produção da Netflix e, como tal, o filme pode ser visto no catálogo da plataforma de streaming.




OS EXCLUÍDOS – 5 NOMEAÇÕES

Os Excluídos óscares
© Focus Features

A comédia dramática “Os Excluídos” segue a história de um rígido professor que é odiado por todos pela forma como leciona a sua disciplina. Quando a altura do Natal chega, o docente vê-se obrigado a passar a época no internato em que dá aulas para acompanhar um conjunto de alunos que não tiveram a oportunidade de regressar a casa para a festividade. A longa-metragem conquistou cinco nomeações aos Óscares, estando indicada às categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Principal (Paul Giamatti), Melhor Atriz Secundária (Da’Vine Joy Randolph), Melhor Argumento Original e Melhor Edição.

Lê Também:   Os 10 melhores filmes para veres este Natal

Onde ver? Com distribuição a cargo da Cinemundo, “Os Excluídos” chega às salas de cinema nacionais já no dia 14 de fevereiro de 2024.




AMERICAN FICTION – 5 NOMEAÇÕES

American Fiction Jeffrey Wright Óscares
© 2023 Orion Releasing LLC. All Rights Reserved.

Cord Jefferson já tinha mostrado o seu talento como escritor ao produzir o argumento de séries como “The Good Place” e “Watchmen“. Porém, “American Fiction” marca a estreia de Wright no papel de realizador. A longa-metragem é uma comédia dramática que satiriza a estereotipização das comunidades afro-americanas. À semelhança de “Os Excluídos”, também “American Fiction” conquistou cinco nomeações aos Óscares nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator Principal (Jeffrey Wright), Melhor Ator Secundário (Sterling K. Brown), Melhor Argumento Adaptado e Melhor Banda Sonora Original.

Lê Também:   The Good Place, a primeira temporada em análise

Onde ver? Apesar de “American Fiction” ter chegado ao grande ecrã nos Estados Unidos da América, infelizmente não existe ainda data prevista de estreia do filme nos cinemas portugueses.




ANATOMIA DE UMA QUEDA – 5 NOMEAÇÕES

Anatomia de uma Queda Milo Machado Graner Óscares
© NOS Audiovisuais

Além de “Os Excluídos” e “American Fiction”, também “Anatomia de uma Queda” possui cinco nomeações aos Óscares 2024. Porém, contrariamente aos referidos nomeados, este é um filme falado em língua não-inglesa, tratando-se ainda de uma longa-metragem de suspense. O argumento conta a história de uma escritora que procura a todo o custo provar a sua inocência do caso que a aponta como a principal suspeita da morte do marido. O filme foi indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz Principal (Sandra Hüller), Melhor Realizador (Justine Triet), Melhor Argumento Original e Melhor Edição.

Lê Também:   30 filmes franceses para comemorar o Dia Nacional da França

Onde ver? Apesar de ter estreado na França em agosto de 2023, “Anatomia de uma Queda” tem data de estreia marcada nos cinemas portugueses para dia 22 de fevereiro, mesmo a tempo da cerimónia dos Óscares.




ZONA DE INTERESSE – 5 NOMEAÇÕES

A Zona de Interesse
©Alambique Filmes

Adaptado do livro homónimo escrito por Martin Amis, “Zona de Interesse” é também um dos filmes nomeados em cinco categorias distintas na 96ª edição dos Óscares. A história acompanha um caso extraconjugal entre um oficial Nazi e a esposa do comandante do Campo de Concentração de Auschwitz. Trata-se de uma longa-metragem crua que se situa num dos períodos mais negros da história da humanidade. O filme foi indicado para os prémios de Melhor Filme, Melhor Realizador (Jonathan Glazer), Melhor Argumento Adaptado, Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Som.

Lê Também:   O Relatório Auschwitz, em análise

Onde ver? Neste momento, “Zona de Interesse” ainda se encontra em exibição em algumas salas de cinema nacionais, tendo chegado ao grande ecrã em janeiro deste ano.




NAPOLEÃO – 3 NOMEAÇÕES 

Napoleão - filmes mais vistos portugal 2023
©Big Picture Films

Napoleão Bonaparte é, indiscutivelmente, uma das figuras mais proeminentes do século XVIII. Durante a Revolução Francesa, o então militar liderou algumas das campanhas revolucionárias que conduziram ao fim da Monarquia. Findo o reinado de Luís XVI, Bonaparte subiu ao poder, transformando-se no Imperador de França. Enquanto esteve à frente da governação do país, o seu regime ficou marcado pelas reformas que implantou mas, principalmente, pelas controvérsias daí resultantes. Para melhor se entender o percurso de Bonaparte, Ridley Scott realizou o filme “Napoleão” que conquistou três nomeações aos Óscares nas categorias de Melhor Guarda-Roupa, Melhor Design de Produção e Melhores Efeitos Visuais.

Lê Também:   Há 10 erros no Napoleão de Ridley Scott, que estão a dar muito que falar

Onde ver? Foi em novembro de 2023 que “Napoleão” chegou às salas de cinema nacionais. Por enquanto, o filme já não está disponível no grande ecrã nem nos catálogos das plataformas de streaming, mas é possível alugá-lo na Apple TV.




NYAD – 2 NOMEAÇÕES

nyad
© Netflix

Diana Nyad é uma autora norte-americana que começou a praticar natação em tenra idade. Nos anos setenta, a atleta tornou-se famosa por nadar à volta de Manhattan em tempo recorde. Mas o maior feito da escritora surgiria bem mais tarde, aos 64 anos de idade, quando a nadadora atravessou o Estreito da Flórida, desde Cuba até Key West, nadando mais de 160km em águas cheias de tubarões. Uma década após a conquista de Diana, foi lançado o filme “Nyad“, um biopic que conta a luta desta extraordinária mulher para cumprir o seu sonho. A longa-metragem está nomeada para os Óscares de Melhor Atriz Principal (Annette Bening) e de Melhor Atriz Secundária (Jodie Foster).

Lê Também:   Biopics No Feminino Que Não Podes Deixar De Ver

Onde ver? “Nyad” é uma produção da Netflix, sendo possível assistir a este conteúdo na plataforma de streaming.




A SOCIEDADE DA NEVE – 2 NOMEAÇÕES

A Sociedade da Neve Netflix
© Netflix

Em 1972, um voo que fazia a travessia entre o Uruguai e o Santiago do Chile caiu nas montanhas dos Andes devido à inexperiência do copiloto que estava no comando nesse momento. A bordo do avião estavam 45 passageiros e membros da tripulação, contando com uma equipa de rugby do Uruguai. Vários meios aéreos tentaram sobrevoar a região do acidente em busca de sobreviventes, mas a neve da montanha não permitia distinguir os destroços do avião. Dezasseis pessoas conseguiram sobreviver ao longo de 72 dias, tendo-se tornado canibais para conseguirem combater a fome. O filme espanhol “A Sociedade da Neve” conta a história da luta dos sobreviventes deste desastre aéreo e está nomeado a duas categorias dos Óscares, Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Maquilhagem e Penteados.

Lê Também:   30 filmes que nos alertam para os desastres ambientais

Onde ver? O filme “A Sociedade da Neve” é uma produção Netflix e já pode ser visto no catálogo da plataforma de streaming.




VIDAS PASSADAS – 2 NOMEAÇÕES

Past Lives | esperançosos óscares 2024
©73ª Berlinale.

O drama romântico “Vidas Passadas” marca a estreia da argumentista Celine Song no papel de realizadora. O filme é semiautobiográfico, tendo por base alguns acontecimentos da vida de Song. Em traços gerais, a longa-metragem segue a história de dois amigos de infância que mantém uma amizade por mais de duas décadas. Contudo, com o passar do tempo, a vida leva a que os seus caminhos se distanciem cada vez mais, levando-os a fazer uma análise do seu relacionamento. O filme conquistou duas nomeações ao Óscar nas categorias de Melhor Filme e Melhor Argumento Original.

Lê Também:   Amigos Para o Que Der e Vier, em análise

Onde ver? Neste momento, o filme “Vidas Passadas” já se encontra disponível nas salas de cinema do país, sendo possível assistir à longa-metragem antes da entrega de prémios.




O CRIADOR – 2 NOMEAÇÕES

o criador disney
©Disney+

Atualmente, um dos tópicos mais falados no nosso quotidiano refere-se à Inteligência Artificial e a forma como a sua evolução pode impactar o mundo como o conhecemos. O filme “O Criador” passa-se em 2070, ambientado num universo em que a Inteligência Artificial originou uma detonação nuclear, levando a uma guerra humanitária contra a evolução da tecnologia. A longa-metragem de ficção científica foi realizada por Gareth Edwards e conquistou duas indicações ao Óscar nas categorias de Melhor Som e Melhores Efeitos Visuais.

Lê Também:   Inteligência Artificial, Bitcoin, Tesla e muito mais | Previsões da tecnologia para 2024

Onde ver? O filme “O Criador” chegou aos cinemas portugueses no final de setembro de 2023. Entretanto, a longa-metragem já se encontra disponível no catálogo da Disney+.




MISSÃO IMPOSSÍVEL: AJUSTE DE CONTAS – PARTE 1 – 2 NOMEAÇÕES

Missao Impossivel rebecca ferguson
© Paramount Pictures

À semelhança de “O Criador”, também o filme “Missão Impossível: Ajuste de Contas – Parte 1” conquistou duas nomeações nas categorias de Melhor Som e Melhores Efeitos Visuais. Este é o sétimo capítulo do universo ‘Missão Impossível‘, que teve a sua primeira longa-metragem lançada em 1996. Desta vez Ethan Hunt e a sua equipa embarcam em mais uma missão perigosa para localizar uma arma mortífera que pode acabar com toda a humanidade se acabar nas mãos erradas. Trata-se de um filme que terá a segunda parte a estrear nos grandes ecrãs em 2025.

Lê Também:   Missão Impossível: Acerto de Contas | O que levou à controversa morte desta acarinhada personagem

Onde ver? Foi em julho de 2023 que o sétimo capítulo da saga, “Missão Impossível: Ajuste de Contas – Parte 1” chegou aos cinemas nacionais. Apesar de o filme não estar ainda disponível nas plataformas de streaming, é possível alugar a longa-metragem no catálogo da Apple TV.




RUSTIN – 1 NOMEAÇÃO

rustin
Colman Domingo e Glynn Turman em “Rustin”|Cr. David Lee/Netflix © 2022

O filme biográfico “Rustin” marca a estreia de Colman Domingo no papel de protagonista, uma interpretação que lhe valeu uma nomeação ao Óscar de Melhor Ator, estando a longa-metragem indicada apenas nessa categoria. A produção conta a história de Bayard Rustin, o ativista que lutou pelos direitos civis e que ajudou Martin Luther King a preparar a histórica Marcha sobre Washington de 1963, na qual foi proferida a famosa frase ‘I Have a Dream’. O filme faz um retrato da luta de Rustin para sobreviver numa sociedade que oprimia os negros e os homossexuais.

Lê Também:   15 power couples LGBTQIA+ de Hollywood

Onde ver? Produzido pela produtora fundada por Barack e Michelle Obama, “Rustin” é um filme distribuído pela Netflix e pode ser visto no catálogo da plataforma de streaming.




A COR PÚRPURA – 1 NOMEAÇÃO

cor purpura
© Cinemundo

Em 1982, Alice Walker escreveu a obra A Cor Púrpura, um livro que aborda o tema da opressão dos negros e da escravização sexual, através da história de uma criança que é abusada pelo próprio pai, acabando por dar à luz dois bebés. O comovente drama foi adaptado para o cinema pelas mãos de Steven Spielberg, em 1985. Mais tarde, chegou também aos palcos através de um teatro musical. Em 2023, este formato mais melódico deu origem ao filme “A Cor Púrpura“, uma longa-metragem que se encontra nomeada ao Óscar de Melhor Atriz Secundária (Danielle Brooks).

Lê Também:   Elementos Secretos, em análise

Onde ver? O filme protagonizado por Fantasia Barrino, Taraji P. Henson e Danielle Brooks chega aos cinemas nacionais a 8 de fevereiro, mesmo a tempo da cerimónia de entrega dos prémios.




O RAPAZ E A GARÇA – 1 NOMEAÇÃO

O Rapaz e a Garça hayao Miyazaki 2023
© Outsider Films/ Studio Ghibli

O cineasta Hayao Miyazaki havia anunciado o fim da sua carreira em 2013, porém, mais recentemente, decidiu reverter a situação e desenvolver mais uma longa-metragem de animação. “O Rapaz e a Garça” acontece num cenário da Guerra do Pacífico que leva um rapaz a embarcar num mundo fantástico após a perda da mãe. Com um título inspirado no romance homónimo de Genzaburō Yoshino, esta longa-metragem japonesa está nomeada ao Óscar de Melhor Filme de Animação.

Lê Também:   Os 10 Melhores filmes baseados em Anime

Onde ver? O filme de animação “O Rapaz e a Garça” chegou aos cinemas portugueses em novembro de 2023. Contudo, de momento a longa-metragem não foi ainda disponibilizada em qualquer plataforma digital.




ELEMENTAL – 1 NOMEAÇÃO

Elemental Pixar
© 2022 Disney/Pixar. All Rights Reserved.

Os filmes de animação produzidos pelos estúdios da Walt Disney destacam-se sempre pelas suas fortes mensagens e pela forma apelativa com que são desenvolvidos. No ano em que a empresa criada pelo visionário Walt Disney celebrou o centenário da sua existência, foi lançada a longa-metragem “Elemental“, um filme que fala sobre o amor e a aceitação recorrendo aos elementos da natureza como personagens desta comédia dramática. À semelhança do que aconteceu com muitas outras produções da Disney, também “Elemental” está nomeado ao Óscar de Melhor Filme de Animação.

Lê Também:   A Disney faz 100 anos e esta é a história do estúdio mais mágico de Hollywood

Onde ver? Sendo uma produção dos estúdios da Walt Disney, “Elemental” ficou disponível no catálogo da Disney + após a estreia nos cinemas nacionais em julho de 2023.




NIMONA – 1 NOMEAÇÃO 

Nimona Netflix Óscar
© 2022 Netflix

Em 2015, ND Stevenson tornou-se popular por produzir a banda desenhada Nimona, um livro de fantasia científica que remonta aos tempos medievais, acompanhando a história de um cavaleiro que é acusado de um crime que não cometeu. Nimona é uma jovem com poderes especiais que a permitem mudar de forma, o que faz dela a única pessoa capaz de o ajudar a provar a sua inocência. O argumento foi adaptado ao grande ecrã, mas a sua produção foi consecutivamente adiada, dado o encerramento da Blue Sky. Em 2023, a longa-metragem foi finalmente lançado e acabou mesmo por receber uma nomeação ao Óscar de Melhor Filme de Animação.

Lê Também:   Os filmes de super-heróis vão acabar? A Opinião de um dos grandes autores da banda desenhada

Onde ver? Sendo “Nimona” um filme distribuído pela Netflix, é possível encontrar esta longa-metragem no catálogo da plataforma de streaming.




ROBOT DREAMS – 1 NOMEAÇÃO

robot dreams
© Arcadia Motion Pictures

À semelhança de “O Rapaz e a Garça”, o filme “Robot Dreams” é também uma longa-metragem de animação produzida em território não norte-americano. Com origem franco-espanhola, o filme segue a comovente história de um cão que cria uma amizade bastante improvável com um robot. A longa-metragem situa-se na cidade de Nova Iorque durante a década de oitenta. Curiosamente, “Robot Dreams” não contém qualquer tipo de diálogo. Ainda assim, a produção baseada na banda desenhada homónima escrita por Sara Varon conquistou uma nomeação ao Óscar de Melhor Filme de Animação.

Lê Também:   DC Liga dos Super-Pets, em análise

Onde ver? Por enquanto, sabe-se que a estreia de “Robot Dreams” em Portugal estará para breve, mas não se conhece ainda a data de estreia do filme de animação.




HOMEM-ARANHA: ATRAVÉS DO ARANHAVERSO – 1 NOMEAÇÃO

homem-aranha: através do aranhaverso sony
© Big Picture Films

Desde a sua chegada ao grande ecrã, o universo de Homem-Aranha tem sido altamente aclamado, chegando a conquistar vários prémios e nomeações à Estatueta Dourada. Este ano, um novo filme sobre o super-herói que se tenta deslocar através do uso de teias chegou aos cinemas sob o formato animado, tratando-se de uma sequela. A longa-metragem “Homem-Aranha: Através do Aranhaverso” acompanha a passagem do super-herói por diversos universos em que encontra diferentes personagens que lutam pela sua sobrevivência. O filme foi realizado por Joaquim Dos Santos, nascido em Portugal, e conseguiu conquistar uma indicação ao Óscar de Melhor Filme de Animação.

Lê Também:   Homem-Aranha | Evolução visual no pequeno e grande ecrã

Onde ver? O filme baseado na banda desenhada sobre o universo do Homem-Aranha estreou nos cinemas portugueses em junho de 2023. Sendo uma produção da Marvel, “Homem-Aranha: Através do Aranhaverso” está agora disponível no catálogo da Disney +.




EL CONDE – 1 NOMEAÇÃO

O Conde Netflix Óscar
Cr. Pablo Larraín / Netflix ©2023

Augusto Pinochet governou o Chile de forma ditatorial, entre 1973 e 1990, após liderar um golpe militar apoiado pelos Estados Unidos. Enquanto líder político do país, Pinochet tentou estabilizar a economia chilena, transformando-a numa das mais sólidas da América Latina. Porém, o seu regime ficou marcado pela violação dos direitos humanos, levando a milhares de mortes, torturas e prisões ao longo dos anos. O novo filme de Pablo Larraín, “El Conde” satiriza o ditador, representando-o como um vampiro que se mantém vivo por mais de duas centenas de anos. A longa-metragem foi lançada em sequência da comemoração do 50º aniversário do golpe de Estado liderado por Pinochet e conquistou uma nomeação ao Óscar de Melhor Fotografia.

Lê Também:   Chile, 1976, em análise

Onde ver?  Sendo uma produção da Netflix, o filme “El Conde” não passou pelas salas de cinema, tendo sido lançado diretamente na plataforma de streaming encontrando-se ainda disponível no catálogo.




BOBI WINE: THE PEOPLE’S PRESIDENT  – 1 NOMEAÇÃO

Bobi Wine Oscars
© National Geographic

Há quase quatro décadas que Yoweri Kaguta Museveni governa o Uganda de forma autocrática, controlando a liberdade a a imprensa da nação. Em 2021, o cantor Bobi Wine tentou pôr um fim ao mandato de Museveni, candidatando-se contra o atual presidente. As reformas de Wine prometiam apostar num maior desenvolvimento do país, mas Yoweri voltou a ser reeleito, o que levou à prisão de Bobi Wine. Agora, o cantor pretende mostrar ao mundo a fraude eleitoral que o impediu de se tornar presidente do Uganda através do documentário “Bobi Wine: The People’s President“, nomeado ao Óscar de Melhor Documentário.

Lê Também:   Queer Lisboa ’23 | Out of Uganda, a Crítica

Onde ver? Apesar de “Bobi Wine: The People’s President” ser uma produção da National Geographic, e apesar de já ter estreado nos cinemas norte-americanos, não há previsão da chegada do filme ao grande ecrã português.




LA MEMORIA INFINITA – 1 NOMEAÇÃO

la memoria infinita
© MTV Documentary Films

Outro dos filmes nomeados ao Óscar de Melhor Documentário é “La Memoria Infinita“, uma longa-metragem que acompanha a luta real da atriz Paulina Urrutia, uma mulher que tenta a todo o custo contornar as sequelas da Doença de Alzheimer que afeta o seu marido, o jornalista Augusto Góngora. A longa-metragem chilena mostra o percurso do casal que está junto há mais de duas décadas e que lidam com o diagnóstico de Góngora há oito anos. O filme foi lançado em janeiro de 2023 e o jornalista acabou por falecer quatro meses depois.

Lê Também:   O Meu Nome é Alice, em análise

Onde ver? Apesar de “La Memoria Infinita” ter estreado no Festival Sundance, não há ainda previsão da data de chegada do filme aos cinemas nacionais.




QUATRO FILHAS – 1 NOMEAÇÃO

quatro filhas
© Kaouther Ben Hania

Contrariamente a “Bobi Wine: The People’s President” e “La Memoria Infinita”, o filme “Quatro Filhas” não é apenas um documentário, mas mistura também momentos de ficção. A premissa acompanha a história real de Olfa, uma mulher tunisiana que tenta arranjar motivos para continuar a viver após o desaparecimento das suas duas filhas mais velhas. Para compensar a perda, a realizadora Kaouther Ben Hania convidou atrizes profissionais para se juntarem a esta mãe, numa tentativa de preencher a lacuna e recriar este momento de perda. A longa-metragem árabe está nomeada ao Óscar de Melhor Documentário.

Lê Também:   Hollywood e as suas 10 mais famosas famílias do Cinema

Onde ver? Apesar de não haver uma data de estreia oficial em Portugal, “Quatro Filhas” já chegou a algumas salas de cinema do nosso país.




TO KILL A TIGER – 1 NOMEAÇÃO

to kill a tiger
© Festival Internacional de Cinema de Toronto

Considerado um dos melhores filmes do Canadá de 2022, “To Kill a Tiger” é um documentário que acompanha a história real de uma família que procura justiça para a sua filha. Na Índia, todos os dias uma data de mulheres são violadas sexualmente, sendo que raramente os seus agressores são condenados. Quando uma jovem de treze anos denuncia um caso de violação, o seu pai decide acreditar na criança, o que por si só já representa uma exceção no país, e procura justiça a todo o custo. A comovente longa-metragem está nomeada para um Óscar de Melhor Documentário.

Lê Também:   Ciclo Satyajit Ray | O Santo (Mahapurush)

Onde ver? Apesar de “To Kill a Tiger” ser um filme de 2022, a longa-metragem chegou aos cinemas canadianos já em 2023. Porém, não se sabe ainda a data de estreia do documentário em Portugal.




20 DAYS IN MARIUPOL – 1 NOMEAÇÃO

20 days in Mariupol
© PBS Distribution

Foi há precisamente dois anos, em fevereiro de 2022, que a Rússia invadiu a Ucrânia, dando início a uma das guerras mais violentas da atualidade. Na altura, o correspondente de guerra Mstyslav Chernov foi destacado para fazer a cobertura dos acontecimentos bélicos, passando vinte dias na cidade de Mariupol. Ao longo desse tempo, o cineasta capturou várias imagens e compilou-as mais tarde, dando origem ao filme “20 Days in Mariupol“. A longa-metragem ucraniana acabou mesmo por receber uma indicação ao Óscar de Melhor Documentário, fazendo-nos um retrato fiel do modo de vida da população da Ucrânia em tempos de guerra.

Lê Também:   Como o cinema russo (também) 'invadiu' a Ucrânia?

Onde ver? Apesar de em alguns países “20 Days in Mariupol” estar disponível no catálogo da Prime Video, não há ainda previsão da data de estreia do filme nos cinemas portugueses nem nas plataformas digitais.




EU CAPITÃO – 1 NOMEAÇÃO

Io Capitano
© via Biennale di Venezia

Muitos países de África e do Médio Oriente vivem em permanente conflito, além de atravessarem adversidades como fome e intolerância religiosa. Desde 2015, estes problemas têm-se vindo a acentuar, resultando numa Crise Migratória que conduz muitos migrantes ao continente europeu em busca de melhores condições de vida. “Eu Capitão” é um filme italiano, produzido em conjunto com a França e a Bélgica, que conta a história de dois jovens senegaleses que tentam fazer a travessia até à Europa, partindo do Dakar. A comovente longa-metragem conquistou uma indicação ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Lê Também:   A Emigrante, em análise

Onde ver? A mais recente produção de Matteo Garrone estreou no LEFEST em 2023 e, por enquanto, não há ainda previsão da data de chegada do filme aos cinemas nacionais.




DIAS PERFEITOS – 1 NOMEAÇÃO

Dias Perfeitos Wim Wenders Kôji Yakusho
© 2023 MASTER MIND Ltd

Wenders é um realizador alemão, responsável pela realização de “Dias Perfeitos“, fazendo deste filme a primeira longa-metragem japonesa realizada por um cineasta estrangeiro a ser nomeada ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. Kōji Yakusho (“O Terceiro Assassinato“) é o protagonista deste filme que acompanha um empregado de limpeza de casas de banho que se sente realizado ao cumprir a sua rotina dia após dia, mostrando-nos que a felicidade está nas pequenas coisas.

Lê Também:   Top Filmes Japoneses de Terror

Onde ver? O filme japonês “Dias Perfeitos” já se encontra em exibição em algumas salas de cinema do país.




A SALA DE PROFESSORES – 1 NOMEAÇÃO

sala de professores
© Alamode Film

A Alemanha decidiu concorrer ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, ganhando uma indicação ao prémio com a longa-metragem “A Sala de Professores“, que tem como pano de fundo uma escola e roubos misteriosos que acontecem dentro da sala de professores. Quando os alunos são confrontados com os furtos sem que ninguém se acuse, a Professora Carla decide fazer uma investigação por conta própria que desencadeia uma data de acontecimentos que acabam por fugir do seu controlo.

Lê Também:   Os 20 Professores mais inspiradores do Cinema

Onde ver? O filme alemão “A Sala de Professores” chega a algumas salas de cinema do nosso país em fevereiro, mesmo a tempo da cerimónia de entrega dos prémios.




GOLDA – 1 NOMEAÇÃO

Golda
© Cinemundo

Apesar de ter nascido em Kiev, Golda Meir mudou-se para a Terra de Israel durante os anos vinte e tornou-se Primeira-Ministra do país, tendo sido uma das fundadoras do Estado de Israel. Durante a sua governação, o seu regime enfrentou a Guerra do Yom Kipur, um ataque provocado pelo Egito e pela Síria. A luta de Meir foi agora retratada no filme “Golda“, que conta com Helen Mirren no papel principal. A caracterização da atriz valeu ao filme biográfico um Óscar de Melhor Maquilhagem e Penteados.

Lê Também:   50 atores irreconhecíveis em filmes do século XXI

Onde ver? O filme biográfico de Guy Nattiv chegou aos cinemas nacionais em setembro de 2023 e, por enquanto, não se encontra ainda disponível em nenhuma plataforma de streaming.




INDIANA JONES E O MARCADOR DO DESTINO – 1 NOMEAÇÃO

Indiana Jones e o Marcador do Destino
© NOS Audiovisuais

Foi em 1981 que o primeiro filme da saga ‘Indiana Jones‘ foi produzindo, dando origem a uma série de longas-metragens de culto. Com Harrison Ford no papel principal, a história segue as aventuras de um professor de arqueologia. Em 2023 foi produzido “Indiana Jones e o Marcador do Destino“, o quinto filme que marca também o fim da saga. À semelhança de outros capítulos da franquia, também este filme conquistou uma nomeação aos Óscares, desta vez na categoria de Melhor Banda Sonora Original (John Williams).

Lê Também:   Indiana Jones | Curiosidades que provavelmente não sabes sobre a saga

Onde ver? O último filme da saga ‘Indiana Jones’ chegou às salas de cinema nacionais no verão do ano passado. Entretanto, a longa-metragem já se encontra disponível no catálogo da Disney+.




FLAMIN’ HOT – 1 NOMEAÇÃO

Flamin Hot Cheetos Óscares
© Searchlight Pictures

Richard Montañez é um empresário americano, com ascendência mexicana, que começou a trabalhar muito jovem na Frito-Lay, uma das maiores marcas produtoras de batatas-fritas. Segundo Montañez, certo dia, a máquina que produz os famosos Cheetos estragou-se e ele decidiu levar um pacote para casa para testar um novo tempero. Surgiu assim o sabor Flamin’ Hot Cheetos que se tornou um verdadeiro sucesso. Porém, mais tarde, a Frito-Lay recusou-se a afirmar que fora Montañez o inventor dos Cheetos Extra Picantes. O filme “Flamin’ Hot” conta a história da criação deste sabor, tendo por base o livro de memórias A Boy, a Burrito and a Cookie: From Janitor to Executive. A longa-metragem marca a estreia de Eva Longoria no papel de realizadora e foi indicada ao Óscar de Melhor Canção Original (“The Fire Inside“, de Diane Warren).

Lê Também:   O Fundador, em análise

Onde ver? O filme biográfico “Flamin’ Hot” já está disponível no catálogo da Disney+.




AMERICAN SYMPHONY – 1 NOMEAÇÃO

American Symphony Óscares
© Netflix

Jon Batista é mais conhecido por ser líder do grupo Stay Human, a banda residente do “The Late Show com Stephen Colbert“. Contudo, o músico é um artista multifacetado, tendo já gravado temas com Stevie Wonder, Ed Sheeran, Lana Del Rey, entre outros. Em 2021, quando a sua esposa enfrentava a luta contra uma leucemia, Batista tentou dividir o seu tempo entre a mulher e a composição da sua primeira sinfonia. O documentário “American Symphony” acompanha esse processo, além de fazer uma restrospetiva do músico indicado onze vezes aos Grammys. À semelhança do que aconteceu no ano passado, com o filme “Soul – Uma Aventura com Alma“, o artista volta a estar nomeado a um Óscar de Melhor Canção Original (“It Never Went Away“, de Jon Batiste and Dan Wilson).

Lê Também:   Tick, Tick... Boom!, em análise

Onde ver? Sendo uma produção Netflix, “American Symphony” encontra-se disponível no catálogo da plataforma de streaming.

GODZILLA MINUS ONE – 1 NOMEAÇÃO

Godzilla Minus One Filmes mais vistos
© Nos Audiovisuais

Foi em 1954 que o realizador Ishirō Honda lançou o primeiro filme do universo ‘Godzilla’. Passaram-se setenta anos e os capítulos desta história épica continuam a ser escritos, fazendo desta a ‘franquia de filmes mais longa em exibição contínua’ segundo o Livro de Recordes do Guinness. Em 2023, o monstro reptiliano regressou ao grande ecrã através de “Godzilla Minus One“, um filme que se situa no pós Guerra do Japão. A longa-metragem, que é já o 37º capítulo desta saga, conquistou uma nomeação ao Óscar de Melhores Efeitos Visuais.

Lê Também:   Monstros Assombrosos do Cinema by MHD | Godzilla

Onde ver? A longa-metragem “Godzilla Minus One” estreou nas salas de cinema portuguesas poucos dias antes do ano 2023 chegar ao fim. Por enquanto, não há ainda previsão da chegada do filme às plataformas digitais.




GUARDIÕES DA GALÁXIA VOL. 3 – 1 NOMEAÇÃO

guardiões da galáxia vol 3
© Disney

À semelhança de “Godzilla Minus One”, também “Guardiões da Galáxia Vol. 3” está nomeado ao Óscar de Melhores Efeitos Visuais. Trata-se do 32º filme do universo Marvel que se tronou numa das longas-metragens com maior bilheteira em 2023. Este terceiro capítulo da trilogia dá continuidade ao momento de perda de Gamora, ao mesmo tempo que acompanha a equipa dos Guardiões numa nova missão para proteger o universo e a sua integridade. Com Chris Pratt no papel principal, o elenco conta com nomes como Dave Bautista, Vin Diesel e Zoe Saldaña.

Lê Também:   Quiz MHD | Que personagem de Guardiões da Galáxia és tu?

Onde ver? Produzido pelos estúdios da Walt Disney, “Guardiões da Galáxia Vol. 3” chegou aos cinemas portugueses em maio de 2023, tendo-se tornado um dos filmes de maior bilheteira a nível nacional. Como tal, neste momento, a longa-metragem encontra-se disponível no catálogo da Disney+.




MAY DECEMBER: SEGREDOS DE UM ESCÂNDALO – 1 NOMEAÇÃO

may december natalie portman
© NOS Audiovisuais

Mary Kay Letourneau foi uma professora norte-americana que foi apanhada a ter relações sexuais com um dos seus alunos de apenas 12 anos. Quando foi presa, Mary deu à luz uma filha do menor, sendo que a professora chegou a ser novamente apanhada em pleno ato sexual com o seu aluno, tendo engravidado uma segunda vez. Inspirado neste caso que se tornou mediático nos Estados Unidos, Todd Haynes produziu o filme “May December: Segredos de um Escândalo” que conta com Natalie Portman no papel de uma atriz que se prepara para dar vida a uma mulher (interpretada por Julianne Moore) que foi vista a ter relações sexuais com um menor. A longa-metragem conquistou uma nomeação ao Óscar de Melhor Argumento Original.

Lê Também:   76º Festival de Cannes | Anatomie d’une Chute: Dissecar um Casal

Onde ver? Após ter estreado no LEFEST, “May December: Segredos de um Escândalo” chegou aos cinemas nacionais em novembro de 2023. Não se sabe ainda quando é que o filme chegará ao streaming.

Qual o teu filme preferido nomeado aos Óscares 2024? Já assististe a todos os filmes desta lista?


Também do teu Interesse:


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *